domingo, 18 de julho de 2010

Singela Homenagem

Espero que se reconheçam , cada qual em uma das  três sílabas: gi, ga e go... meus intelectuais, pais do sentimento, bruxos das tormentosas madrugadas, mas  almas admiráveis, pessoas estimadas , seguidas , brilhantes.... sempre...
       Brinco com as teclas
porque o pensamento
agora salta a outras planícies,
interioridades, desassossegos.
 E, absorta
 nas palavras  dos intelectuais,
pareço formiga
procurando a folha mais verde,
o caminho mais curto,
a sombra mais amena,
o vento mais companheiro....
        E não adianta.
Não sou a luz
do caminho do vôo das borboletas,
 nem a estrada do martírio,
também não quero ser um pássaro ferido...
 Oh, meu Deus... 
sentir tanta dor pra quê?
que buscar , afinal?
      Na intimidade , vou me educando
a ser mais letra que sopro,
mais terra que nuvem;
sou entretanto tanta lágrima
a se derramar sôfrega , atemporal... 
Ah...antes aceitar meu Quixote
que procurar ser alguém real...

10 comentários:

Gizelda disse...

Querida Thaís...

gostaria de ter talento para criar versos como esses.Você é formiga, sim, determinada,guerreira...mas , também é luz, porque só através dela alguém se torna poeta.

Fazendo uma curva graciosa, esse texto volta inteiro para você.

Beijos. Obrigada.

AC disse...

Minha amiga,
Que palavras tão sentidas, vindas lá do fundo, em cascata de poema...!
Sabe uma coisa?, muitas vezes também me sinto meio baralhado, cheio de dúvidas e de incertezas, mas convivo bem com elas. Porque as aceito. Depois, de braço dado com elas, olho o mundo em volta e procuro coisas positivas. E, sabe?, encontro sempre.
Obrigado pela lembrança. Hoje, em vez de um beijo, deixo-lhe um apertado abraço.

CASAL 20 disse...

Triste não é falhar nos objetivos, mas abandonar o barco. Triste é nem começar a corrida e já fugir da raia. Mesmo que as lágrimas atrapalhem a visão, que as pessoas digam não, que o tempo mude e o vento sopre para outra direção...
Antes que o dia termine, cuide para não deixar de lado seus sonhos...
adorei esse espaço ,virei seguidor

Amor feito Poesia disse...

Hoje venho agradecer seu carinho e
suas visitas carinhosas aqui no meu espaço, que sempre serão muito bem vindas.Te desejo um Domingo de alegrias e paz!

Um beijo no coração de cada um de voces... M@ria

ValeriaC disse...

Thais...florzinha, vim agradecer por você estar seguindo meu Blog e me encantei com o seu...lindos versos...já estou a te seguir também...
Tenha um doce domingo...
Beijinho
Valéria

Marcia disse...

Thaís,
agradeco sua visita e seu amável comentário. Volte sempre a casa é sua.
Beijos e uma linda semana!

Saozita disse...

Adorei o teu blog ,ja estou a seguir é lindo doce e perfumado com tanta flor e beleza.
Beijinho

Gizelda disse...

Oi...
tem um desafio / presente para vc no meu blog. Vá buscá-lo.

Beijo.

Oziel Alves disse...

Oi Thaís,

Obrigado pela visitinha, ao meu blog. Rubem Alves é realmente genial. Queria ter 1% da sabedoria deste homem. Quem sabe o tempo me dará. Ler os textos dele, é quase uma sessão de análise pra mim!
Grande abraço e sucesso pra vc.
Att.
Oziel Alves
ozielalves737@hotmail.com

Helga disse...

Thaís,

Lindas palavras! Simples e tão intímas. Fortes, porém tão frágeis e sentidas. Muito obrigada pela singela - e bela - homenagem! São gestos como este, sinceros e inesperados, que fazem com que a estrada do martírio seja menos difícil de percorrer. Um grande bem-haja!

Um beijinho muito grande :)